Racismo e Identidade do Povo Negro no Brasil

  • 97 Alunos matriculados
  • 40 Horas de duração
  • 7 Aulas
  • 7 Módulos
  • 5 Avaliações
  • 3 meses de suporte
  • Certificado de conclusão
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
Doutoranda em Ciências Jurídico-Políticas-Fac. de Direito de Lisboa e em Direito-Uni de Sorbonne. Promotora de Justiça do MP-BA e coordenadora do GEDHDIS/MP-BA
Lívia Sant'anna Vaz

O Curso tem por objetivo promover o debate sobre o racismo e as formas em que ela atua na sociedade, trazendo a discussão do mito da democracia racial, as relações entre racismo e vulnerabilidade e de que forma esse deve ser um debate que envolva a todos. O curso será desenvolvido em cinco módulos, e em cada módulo haverá como recurso um vídeo, leitura complementar e atividade avaliativa que alcançado a média dará direito ao certificado de 40h.

1 ano Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 1 ano após a matrícula.

Povos e comunidades tradicionais de Terreiro de Matrizes africanas e afro-ameríndias, estudantes, acadêmicos da área de preservação, comunidades, gestores públicos, servidores públicos e público e público geral interessado.

Lívia Sant'anna Vaz
"Doutoranda em Ciências Jurídico-Políticas-Fac. de Direito de Lisboa e em Direito-Uni de Sorbonne. Promotora de Justiça do MP-BA e coordenadora do GEDHDIS/MP-BA "


Bacharela em Comunicação Social - Relações Públicas, pela Universidade do Estado da Bahia (2005) e em Direito pela Universidade Federal da Bahia (2003). Mestra em Direito Público, pela Universidade Federal da Bahia (2006). Doutoranda em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e doutoranda em Direito pela Universidade de Paris I - Sorbonne. Atua como Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia desde 2004. Tem experiência com Direito Público, especialmente Direito Constitucional e Direitos Fundamentais. Desenvolve como linha de pesquisa o direito fundamental à igualdade racial. Atualmente é coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação (GEDHDIS/MP-BA) e do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e da População LGBT (GEDEM/MP-BA). Integra o Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Racismo e Respeito à Diversidade Étnica e Cultural, da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais do Conselho Nacional do Ministério Público (Coordenadora). Integra a Comissão Permanente de Direitos Humanos, do Grupo Nacional de Direitos Humanos do Conselho Nacional de Procuradores Gerais de Justiça. Integra o Grupo de Trabalho de Enfrentamento e Prevenção ao Racismo da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (Coordenadora).


Nenhuma descrição cadastrada.

Conteúdo Programático

Aula Ao vivo com o objetivo promover o debate sobre o racismo e as formas em que ela atua na sociedade, trazendo a discussão do mito da democracia racial, as relações entre racismo e vulnerabilidade e de que forma esse deve ser um debate que envolva a todos
Proporcionar ao estudante uma reflexão teórica e conceitual sobre o que é racismo e de que forma ele atua na sociedade. Diante disso, esse módulo contém como material de aprendizagem um vídeo e texto complementar. A fim de avaliar o aprendizado, o estudante deverá realizar as atividades do módulo.
  • 1. O que é racismo?
  • O que é Racismo Estrutural
MODULO 02 – O MITO DA DEMOCRACIA RACIAL NO BRASIL
Proporcionar ao estudante uma reflexão teórica e conceitual sobre o mito da democracia racial, trazendo para a discussão de como o Brasil vive uma falsa ideia do uso desse termo. Diante disso, esse módulo contém como material de aprendizagem um vídeo e texto complementar. A fim de avaliar o aprendizado, o estudante deverá realizar as atividades do módulo.

  • 1. O mito da democracia racial no Brasil.
  • Mito da Democracia Racial
Proporcionar ao estudante uma reflexão sobre como a discriminação aumenta a vulnerabilidade e as injustiças sobre a população preta. Diante disso, esse módulo contém como material de aprendizagem um vídeo e texto complementar. A fim de avaliar o aprendizado, o estudante deverá realizar as atividades do módulo.
  • 1. Qual a relação entre vulnerabilidade e racismo?
  • RELAÇÃO ENTRE VULNERABILIDADE E RACISMO
Proporcionar ao estudante uma reflexão sobre como todo o processo de discriminação construído historicamente traz diversas consequências para a população negra, dentre elas, nos espaços laborais ocupando cargos de liderança. Diante disso, esse módulo contém como material de aprendizagem um vídeo e texto complementar. A fim de avaliar o aprendizado, o estudante deverá realizar as atividades do módulo.
  • 1. A representação da população negra nos espaços de poder
  • A REPRESENTATIVIDADE DA POPULAÇÃO NEGRA NOS ESPAÇOS DE PODER
Esse último módulo proporcionará ao estudante, a visão de como a discussão sobre a problemática referente a população negra do Brasil deve ser debatida. Diante disso, esse módulo contém como material de aprendizagem um vídeo e texto complementar. Afim de avaliar o aprendizado, o estudante deverá realizar as atividades do módulo.
  • 1. A quem cabe e como ver o debate racial no Brasil
  • A QUEM CABE E COMO VER O DEBATE RACIAL NO BRASIL
Convidados:
Baba Alcides, Frei David, Gicelia Cruz, Pastora Val, Ivanir dos Santos, Tiago Kafuzo, Lya Neuza de Aganju, Ya Beth de Oxum, Sueli Jurema, Jassiara, Dra Valdirene Assis, Dra Livia
Voltar ao topo